fbpx

Os primeiros passos para abrir um negócio.

Publicado por ADJUNIORCOM em

              Os primeiros passos para abrir um negócio.

Incentivar o empreendedorismo, é sem dúvidas, um dos focos da Ad Júnior consultoria. O caminho do empreendedor hoje está sendo muito romantizado, os detalhes que mais implicam na escolha por empreender vem antes mesmo de se montar um negócio. Por isso, nós da Ad Júnior consultoria e projetos, fizemos esse blog centrado nos primeiros passos para abrir uma empresa.

A ideia:

Ter a ideia de um negócio é o fator principal, sem ela nada pode ser construído. Escolha um setor e segmento que esteja dentro do seu ciclo de competência, que você conheça extremamente, ou que tenha muita curiosidade para se aventurar. A frase de referência da Apple, “think different”, remete justamente ao brilhantismo de ter uma ideia que vá impactar o mundo de alguma forma. A ideia de inovar em um setor está diretamente relacionada com os ganhos que terá ao abrir a empresa.

Perfil Empreendedor:

Ter o perfil de um empreendedor é totalmente diferente do que as demais pessoas dizem e os filmes mostram. O Empreendedor de sucesso é aquele que consegue conciliar duas coisas fundamentais na hora de gerir o negócio, o Feeling e o Conhecimento. A junção dessas duas vertentes que englobam inúmeras habilidades resulta em uma pessoa com perfil empreendedor. Um dos fatores que diferenciam empreendedores de sucesso é o começo da formatação do negócio através de um plano de negócios, cerca de 55% das pessoas que abrem uma empresa desconsideram esse ponto, algo extremamente relacionado a vertente de Conhecimento que está dentro do Perfil de empreendedor.

Informações:

Conhecer todos os levantamentos e potencialidades da empresa é essencial antes mesmo de começar as operações. Os levantamentos mais importantes para um empreendedor se familiarizar com seu negócio são:  Pesquisa de Mercado, Gestão financeira, Marketing e Localização da empresa. Cada levantamento tem suas características e valores distintos de acordo com o perfil da empresa, e setor inserido. Porém, são essenciais para uma melhor visualização e operação mais eficiente.

Organização:

A partir do momento que o Empreendedor apura os levantamentos, e conhece quais são as perspectivas da empresa, é normal que muitos se percam pela quantidade de informações. Portanto, a organização através da confecção de um plano de negócios é extramamente necessária.

Dinheiro:

Pra obter dinheiro para o negócio, o empreendedor precisa ter em mãos alguns dados sobre as finanças da empresa, por isso se organizar antes é prioridade. Com os dados em mãos, o empreendedor deve estar ciente dos prazos de pagamentos, manter o controle do fluxo de caixa é importantíssimo para evitar déficits. Outro ponto crucial antes de obter o investimento, é analisar a necessidade daquele dinheiro. Quanto precisa para executar a operação necessária, como pagar o financiamento, se autofinanciar é viável? Todas essas perguntas devem ser respondidas ao se fazer a análise de necessidade. Por último, a análise de risco é essencial para saber onde irá obter o empréstimo, quais são as vantagens e riscos e qual se encaixa a necessidade do empreendedor.

Formalização:

Para efetivar a empresa e regulamentá-la é necessário: Se identificar como MEI ou microempresa, formalizar seu nome empresarial, se legalizar como autônomo, sociedade empresária, sociedade simples, sociedade limitada, sociedade autônoma ou Empresário. Além disso, registrar a marca, se submeter as leis de proteção a invenção, informar o local para registro de produtos, e em caso de negócio digital, registrar o domínio na internet. Para mais informações de como o empreendedor consegue formalizar corretamente sua empresa, o mesmo terá que pesquisar o máximo possível para obter tal feito.

Categorias: Sem categoria

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *